Recursos humanos e liderança: aprenda como unir os dois em 6 dicas!




Unir recursos humanos e liderança é uma estratégia importante para promover melhores resultados no negócio. O RH pode auxiliar os líderes na maximização de potencialidades e na construção de estratégias mais efetivas para a gestão de equipes e para a otimização do fluxo de trabalho.


Essa parceria traz muitos frutos positivos para a empresa e promove desenvolvimento e crescimento pessoal para os gestores. Preparamos este conteúdo especial com informações e dicas para você aliar o RH e a liderança. 


O que é gestão de RH e qual a sua importância?


A gestão de recursos humanos é a aplicação de um conjunto de conhecimentos de múltiplas áreas (Psicologia, Administração, Direito, Sociologia, por exemplo) e de técnicas de gerenciamento especializadas na relação dos profissionais com as corporações. O objetivo é atingir as metas organizacionais e proporcionar realização para os envolvidos.


Ela é fundamental para o bom andamento dos processos. A gestão de recursos humanos promove maior estímulo para as capacidades dos colaboradores, estabelece políticas que aliam interesses da equipe com as metas organizacionais e promove crescimento e desenvolvimento dos funcionários. Saúde ocupacional e qualidade de vida no meio laboral tornam-se pontes para a maior produtividade e aumento da capacidade de enfrentamento de problemas.


Como unir gestão de recursos humanos e liderança?


A seguir, mostramos como aplicar a gestão de recursos humanos nos cargos de liderança. Continue acompanhando!


1. Faça a avaliação de competências


As lideranças precisam ter uma série de conhecimentos, habilidades e atitudes para realizarem um bom trabalho. As competências são elementos essenciais para que esses profissionais façam uma boa condução do fluxo de tarefas e orientem bem os colaboradores.


Assim, um primeiro passo para unir recursos humanos e liderança é avaliar as competências dos líderes e encontrar os pontos fortes e as questões a serem melhoradas pelos gestores. A liderança não precisa ser perfeita, mas é importante que ela esteja no esforço de reciclar conhecimentos e de se aprimorar continuamente. Dessa forma, ela se torna um bom exemplo para a equipe.


2. Realize o alinhamento de objetivos


Os objetivos organizacionais são fundamentais para o funcionamento de todo o trabalho. Isso porque eles estabelecem uma direção para seguir. As metas orientam os processos decisórios e também todas as atividades. Além disso, são importantes fatores de motivação e engajamento.


Os recursos humanos também estabelecem objetivos para o setor. É importante que eles não caminhem em direção oposta às finalidades definidas estrategicamente pela alta gestão e lideranças. Do contrário, haveria um efeito contraproducente que desencadearia em muitos problemas para o negócio.


Assim, é importante ter atenção ao fato de que esses alvos são estabelecidos de forma alinhada com as metas da empresa e das lideranças. Com isso, os recursos humanos se posicionam de forma estratégica e as lideranças conseguem a colaboração dos profissionais.


3. Promova a orientação para o engajamento


Os líderes são muito importantes no engajamento dos colaboradores. Mas, para que adotem uma atitude motivadora, é fundamental que eles também estejam engajados nos projetos e atividades. Trabalhe com cada líder os propósitos e potencialidades das práticas estabelecidas. Mostre os benefícios que podem ser alcançados.


Além disso, conscientize-os da responsabilidade que eles têm no engajamento do time. Deixe claro que as palavras, posturas e atitudes deles são decisivas para que a equipe se empenhe no trabalho.


4. Incentive o aprimoramento das capacidades de comunicação e escuta


É muito importante que o líder saiba se comunicar. Entonação, gestos e o conteúdo apresentado em palavras podem ser decisivos para conquistar a cooperação da equipe. Além disso, a oratória do gestor também contribui para a geração de confiança no time, o que é importante para o processo de trabalho.


Outra questão primordial é que o líder precisa de uma boa habilidade em escuta. Saber ouvir ajuda a ter mais empatia para conciliar as demandas dos colaboradores com as orientações da alta gestão.


5. Trabalhe com feedbacks


O líder é um profissional que geralmente está encarregado de dar feedbacks para a equipe. Uma cultura de feedback é importante para a empresa promover o aprimoramento constante do trabalho. Isso significa que a liderança também deve participar desse circuito de outras formas. Ou seja, recebendo retornos sobre sua postura também.


É interessante recordar que o feedback tem uma funcionalidade construtiva. Ele tem a proposta de estimular a continuidade de um bom desempenho ou de corrigir eventuais padrões de trabalho que geraram resultados não tão bons ou negativos.


Os feedbacks são dados com cordialidade e discrição, sendo sempre motivadores e dando uma amostra do quanto se confia no potencial da pessoa. Experimente oferecer feedbacks para as lideranças. Isso vai ajudar a torná-las mais efetivas a cada dia.


6. Utilize tecnologias para facilitar a união dos recursos humanos e liderança


As tecnologias podem facilitar o processo de união entre recursos humanos e liderança. O mercado oferece opções de ferramentas informatizadas que simplificam os procedimentos burocráticos, o que aumenta o potencial estratégico do RH. Assim, sobra mais tempo para a equipe de recursos humanos se reunir com as lideranças, discutir planos, estabelecer metas e dialogar sobre feedbacks.


Uma solução valiosa para o RH é o software de recrutamento e seleção, que otimiza toda a parte operacional do processo encontrar e contratar talentos (como a triagem e o envio de resposta aos aprovados, por exemplo) e agiliza todos os procedimentos. Com essa ferramenta, as seleções ficam mais assertivas, o que melhora os resultados para o negócio e diminui o turnover.


As tecnologias também melhoram a comunicação na empresa, permitindo que o compartilhamento de arquivos e de materiais informativos seja feito com precisão e agilidade. Além disso, os recursos informatizados aumentam a flexibilidade dos processos. O RH e as lideranças se beneficiam muito com o uso das soluções informatizadas.


Associar os processos de RH com o trabalho das lideranças é uma proposta importante para otimizar processos e promover uma gestão mais construtiva na corporação.


Com o RH, os gestores podem conhecer diversas estratégias para gerenciar as equipes e aprimorar habilidades importantes para a coordenação. Essa parceria tem muito a contribuir com o negócio e também com o crescimento pessoal e profissional dos líderes.


Fonte: http://www.kenoby.com


#adinfosrt #RHelideranca

15 visualizações

Interaja conosco através de nossas redes sociais

  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram

Atendimento

Seg - Sex: 08h às 18h

Fone: (75) 3482-2704 ou (75) 3623-5456

© Copyright - AD Informática