Governo confirma que vai fazer ajustes no eSocial



A carga tributária brasileira não é adequada, não apenas pelo seu tamanho, mas pela sua complexidade que acirra as disputas, observou secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, após a sua participação no Brasscom TecFórum, realizado nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília.


“A carga tributária é excessiva, tributa o consumo, não é inteligente e precisamos simplificar para aumentar a formalização”, sustentou Marinho, que promete ter a reforma tributária como prioridade, após a resolução da reforma da Previdência.

Indagado sobre as possíveis mudanças no eSocial, Marinho confirmou que o regime vai passar por ajustes, mas elas virão para desburocratizar e simplificar o acesso.


“Não é possível tratar uma padaria da mesma forma de uma Volkswagen. Elas têm tamanho diferente e não podem ser tratadas como iguais”. Assistam a entrevista com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho.


Fonte: Convergência Digital


#adinfosrt #ajustesesocial

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

eSocial - Divulgado novo Manual de Orientação

Federal | Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas MOS - Consolidado até Nota Orientativa S-1.0 nº 07/2021 Publicada em 19/07/2021 Divulgado no últi

Receita Federal alerta sobre inconsistências na GFIP

Federal | Receita Federal Receita Federal Publicado em 27/07/2021 A partir do cruzamento de informações, foi identificado que empresas não optantes pelo Simples Nacional têm informado indevidamente a